segunda-feira, 5 de julho de 2010

IDEB 2009 é divulgado pela imprensa, mas não está disponível no site do MEC

Quando tratamos da avaliação, o mais importante é que aqueles que foram avaliados sejam os primeiros a receber seus resultados. Entretanto, este ainda é um dos maiores desafios no processo de cada escola conhecer seu IDEB. A imprensa, ao seu modo, faz suas análises, muitas vezes, sem uma profundidade e problematização necessárias. O resultado se repete: a imprensa insiste em divulgar o IDEB em forma de "raqueamento", sem discutir os principais e reais motivos que levaram a determinadas escolas e sistemas não terem atingido as metas estabelecidas. 

Veja as reportagens publicadas e veiculadas pela imprensa nesta segunda-feira, dia 05/07/2010.





2 comentários:

  1. Lygianne Batista Vieira5 de julho de 2010 16:38

    Concordo totalmente com vcs, a superficialidade que a imprensa trata o SAEB é impressionante! Demonstra a total falta de compreensão sobre o que venha a ser uma avaliação e quantos fatores estão envolvidos para chegar a um resultado.
    Abraços
    Lygianne

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lygianne! O GEPACT apresentará, em agosto, um relatório inicial de nossa pesquisa sobre os impactos do IDEB na organização do trabalho pedagógico das escolas. Se puder participar... Será na UFF. Informações: http://www.grupalfa.com.br/congressoIII

    ResponderExcluir